quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Primeira vez


    Subimos as escadas correndo e rindo como duas crianças. Ela para ao meio e me agarra pela bunda, me dando um beijo safado. Eu sinto o calor vindo da buceta, já estou encharcada. Ela me solta e corre pelas escadas na minha frente. Entramos no quarto e ela se senta na mesa do computador para colocar umas músicas, eu tiro minha roupa e me deito na cama
   
   Quando ela vira e me vê deitada nua em sua cama, ela solta um arfar surpreso e um sorriso malicioso. Ela não esperava por isso, fico mais molhada. Ela tira a roupa e deita bem em cima de mim. Sinto todo seu corpo quente, o cheiro fresco do shampoo, sua mão na minha cintura e seus lábios no meu pescoço. Ela me dá vários beijinhos e mordidinhas e eu gemo baixinho, sinto meu corpo fervendo e a pele toda arrepiada. 
    
    Ela me beija com intensidade, me deixando completamente sem ar. Quando já não aguento mais ela tira os lábios dos meus e segue beijando, da mesma forma, meu pescoço, meus seios, minha barriga e minha cintura. Já não consigo controlar os espasmos do meu corpo. Então ela para, abre as minhas pernas, me olha com o sorriso mais safado. Sinto que estou escorrendo. 

     - Agora quero você quietinha que eu vou te chupar. - Ela diz olhando para minhas pernas abertas e segurando minhas mãos na lateral do meu corpo, como um sinal para eu não me mover. Obedeço imediatamente e seguro a respiração para controlar meu corpo, que já não aguenta mais esperar por aquele toque. Ela não tira o sorriso do rosto, sinto que eu não sou a única que esperava ansiosamente por essa noite. 

      Ela segura minhas pernas bem abertas e beija o interior da minhas coxas, sinto seus lábios, sua língua, sua respiração. Nunca tinha sentido tanto assim. Ela aproxima a boca e solta o ar devagar. Sinto um arrepio. Ela me olha com cara de sapeca e me dá uma lambida. Quase suplico para ela me chupar. Como se ouvisse meus pensamentos, ela encostas os lábios e beija cada cantinho da minha buceta. Vou para outra dimensão. Minha pele fica com uma sensibilidade diferente, meu corpo todo ferve, sinto cada movimento que ela faz. É uma corrente elétrica passando por todo o meu corpo. Ela me chupa, me beija, me lambe, e eu gemo, grito e me contorço delirando na sua boca. Como uma explosão o orgasmo chega e meu corpo explode em prazer. 

...

     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Últimas Resenhas