quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

A Duquesa

Título Original: The Duchess
Lançamento: 21 de Novembro de 2008
Direção: Saul Dibb
Elenco: Keira Knightley, Ralph Fiennes, Hayley Atwell, Dominic Cooper, Charlotte Rampling
Gênero: Drama, Biografia, Histórico
Distribuição: Paramount Pictures
Nacionalidade: Reino Unido
Duração: 1h50min
Sinopse: Georgiana Spencer (Keira Knightley) casou-se aos 18 anos com o Duque de Devonshire (Ralph Fiennes), que queria a todo custo ter um filho. Possuindo o título de Duquesa de Devonshire, logo Georgiana demonstrou sua inteligência e perspicácia perante a corte inglesa. Entretanto, ela não conseguia dar ao duque um filho, com todas as suas tentativas de ficar gravida resultando em abortos ou em filhas. Isto faz com que o relacionamento entre eles se deteriore, pouco a pouco.



Opinião da Jéssica

O filme "A Duquesa" estrelado pela diva dos romances históricos Keira Knightley me surpreendeu muito. Sempre fui apaixonada por esse gênero e vivo procurando mais e mais filmes dessa atriz porque são todos muito bons, principalmente "Orgulho e Preconceito" que é um dos meus filmes favoritos. Mas não achei que esse fosse ser tão bom! A atuação da Keira está espetacular e a história dessa personagem me impressionou muito! A primeira coisa que vocês devem saber é que esse filme é baseado em uma história real. Podem pesquisar! Existiu mesmo essa duquesa e a história dela realmente foi sofrida como conta no filme. Georgiana Spencer se tornou duquesa ao se casar com o Duque de Devonshire (Ralph Fiennes) e foi uma figura muito popular na Inglaterra no final do século XVIII. Ela era adorada pelo povo. E como ela sempre foi a frente do seu tempo, lançou moda no país com suas roupas e acessórios diferentes e ousados. Georgiana também era ousada como mulher. Naquela época, não havia o direito de voto das mulheres. E ela foi muito importante como figura feminina na política. Ela foi muito influente na candidatura de alguns homens e sempre conversava abertamente sobre política. Além disso, bebia muito e era viciada em Jogos de Azar.
Georgiana Cavendish (nome de casada) era um sucesso com as massas populares e os políticos, mas sua vida pessoal foi muito sofrida. O duque se casou com ela para ter um herdeiro homem, mas ela só conseguia dar duas meninas e muitos abortos. Isso acabou desgastando seu casamento. O duque era um homem frio e tinha muitas amantes. Todos os homens admiravam Georgiana, menos ele. E quando ela encontrou uma amiga e a levou para sua casa, o duque fez questão de roubar a única coisa que era dela. Lady Bess (Hayley Atwell) se tornou, então, amante do duque. E Georgiana encontrou o amor com o candidato a ministro da oposição, Charles Grey, com quem teve uma encantadora relação. Mas, como eu disse, a vida dessa duquesa admirável não foi nada fácil! E isso vocês descobrirão assistindo a esse brilhante filme. 
"A Duquesa" ganhou o Óscar em 2009 de melhor figurino e, claro, foi muito merecido. As roupas usadas pela personagem são de cair o queixo de tão lindas! E a atuação dos atores está incrível. Ralph Fiennes foi aclamado pela crítica por ter feito muito bem o duque frio e sem interesse por nada além de seus cachorros. E Keira... eu ainda preciso falar no quanto ela foi perfeita nesse papel? Recomendo muito esse filme, pois além de emocionante, nos faz refletir sobre o feminismo e questões como a liberdade. Além de conhecer mais sobre a história de uma mulher muito influente para aquela época. É de tirar o chapéu para essa mulher! Assistam e depois me contem o que acharam dessa obra fascinante.

Estrelinhas

A Duquesa do filme e a real


Citações Favoritas

"Duque: Pela minha vida, nunca consegui compreender porque as roupas femininas precisam ser assim tão complicadas.
Georgiana: Creio que seja apenas uma maneira de nos expressarmos.
Duque: O que quer dizer?
Georgiana: Bem, vocês têm muitas maneiras para se expressar, enquanto que nós mulheres devemos nos satisfazer com nossos chapéus e vestidos."
"Liberdade com moderação? [...] Ou se é livre ou não, o conceito de liberdade é absoluto. Afinal de contas, uma pessoa não pode morrer com moderação, amar com moderação ou ser livre com moderação." Georgiana Cavendish, a Duquesa de Devonshire
"Bem, como dizem, o Duque de Devonshire deve ser o único homem na Inglaterra que não é apaixonado por sua esposa." Lady Bess, ou Elizabeth Foster
"Penso em você o tempo todo" Charles Grey
"Georgiana: Existem limites para os sacrifícios que alguém faz para ver seus filhos.
Bess: Não, não há. Não existem limites para isso."
"Como é maravilhoso ter essa liberdade" William Cavendish, o Duque de Devonshire

3 comentários:

  1. Assim como VC, amei o filme. Obrigada por compartilhar suas opiniões a respeito dele. Gosto muito de filmes de época, especialmente nesse estilo.gostei muito de orgulho e preconceito também. Se souber de outros filmes..avise. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvia! Fico muito feliz que tenha gostado da resenha! Eu também amo filmes de época e eu já vi alguns que você pode gostar também:
      -Razão e Sensibilidade (baseado num romance de Jane Austen, assim como Orgulho e Preconceito)
      - Anna Karenina (com a mesma atriz de Orgulho e Preconceito e o figurino é lindo!)
      - Amor e Inocência (Dizem que foi inspirado na vida de Jane Austen)
      - Para Sempre Cinderela (Já passou mil vezes na Globo, mas eu não canso de ver)
      E tem alguns que nunca assisti mas falam muito bem e sou louca para ver:
      - Ligações Perigosas
      - Elizabeth
      - A Jovem Rainha Vitória
      - Moça com Brinco de Pérola
      - Maria Antonieta
      Espero ter ajudado! Volte sempre!
      Beijooooos

      Excluir
  2. Algo muito relevante que nao foi citado na resenha,faz referencia a Diana Spencer,descendente de Georgiana,trata-se da Princesa De Gales,igualmente popular,bela,inteligente,muito querida...mãe dos hoje conhecidos principes William e Harry,avó de George e Charlotte.

    ResponderExcluir

Últimas Resenhas